“Não vou interferir na eleição do Congresso”, diz Bolsonaro

Presidente disse, no entanto, esperar conseguir com mais facilidade aprovar projetos de seu governo após a troca de comando

(Foto: Isac Nóbrega/PR)

Nesta quinta-feira (17), o presidente Jair Bolsonaro afirmou durante cerimônia de posse do novo ministro do Turismo, Gilson Machado, que não vai intervir nas eleições internas do Congresso. Será decidido quem substituirá Rodrigo Maia como presidente.

Bolsonaro também manifestou, mais uma vez, a vontade de avançar com projetos de seu interesse após a troca do comando. Entre as pautas estão algumas privatizações.

“Eu não interfiro nos meus ministros, quem dirá num outro Poder. Mas vou torcer para que o melhor aconteça, o melhor na Câmara e no Senado. E as propostas do governo, uma vez analisadas no Parlamento, tenham seu curso, sejam colocadas em votação e a maioria decida o que é melhor”, disse.

Tanto a vaga de presidenta da Câmara como do Senado são fundamentais para que o presidente possa aprovar seus projetos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTJMT livra governo de pagar R$ 50 mil a família de policial civil morto
Próximo artigoOperação Abuterum investiga incêndios criminosos no Pantanal e Baixada Cuiabana