“Não vou admitir um sistema fraudável”, diz Bolsonaro sobre eleições

O presidente voltou a falar na possibilidade de fraude para eleger o candidato do Partido dos Trabalhadores

(Foto: Agencia Brasil)

Na noite dessa quinta-feira (1°), durante sua live realizada no YouTube, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre a corrida eleitoral do próximo ano. De acordo com o presidente, ele não irá aceitar um sistema “fraudável”.

Durante a conversa com os inscritos em seu canal, Bolsonaro voltou a falar da adoção da urna auditável para garantir a segurança das eleições.

Sistema fraudável

Na live, Bolsonaro afirmou não ser admissível o emprego de uma urna eletrônica que não seja possível auditar para confirmar a veracidade dos votos.

“Não vou admitir um sistema fraudável”, disse o chefe do executivo.

Ainda segundo Bolsonaro, estão querendo impor a urna eletrônica para eleger o candidato do Partido dos Trabalhadores.

“Estão querendo impor a urna eletrônica, goela abaixo, para fazer voltar ao governo a quadrilha que nos comandou”, disse Bolsonaro sem citar nominalmente Lula.

Leia também:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorConheça 5 golpes cibernéticos, como evitá-los e o que fazer se cair num deles
Próximo artigoJornalista preso pelo STF denuncia ministro à Corte Interamericana de Direitos Humanos