“Não sei de onde a Anvisa tirou problema em vacina”, questiona Mauro Mendes

Mauro Mendes diz que o Estado não irá desistir da negociação com a Rússia para comprar 1,2 milhão de doses da Sputnik V

O governador Mauro Mendes fez críticas diretas à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta segunda-feira (10), pelo veto ao uso emergencial da vacina Sputnik V. 

“A equipe técnica do Consórcio Nordeste continua no trabalho de avaliação da decisão da Anvisa. A vacina está sendo usada em 62 países, sem problema algum. Eu não sei de onde a Anvisa tirou o que ela apresentou. Mas, é uma questão técnica”, disse. 

A fala do governador segue a posição do governo russo, que divulgou recentemente que irá processar a Anvisa por causa do apontamento de suposta “falha ou insegurança” na produção da Sputnik V. 

A decisão travou a negociação de dez Estados, signatários do Consórcio Norte e Nordeste, na compra de 37 milhões de doses. Mato Grosso tinha uma cota de 1,2 milhão.

Sem desistência 

Ao comentário mais político de hoje, o governador Mauro Mendes acrescentou que não irá “desistir” da negociação.

Ele afirmou há algumas semanas que aguarda a reavaliação do pedido de uso emergencial pela Anvisa para iniciar, se for o caso, a judicialização da liberação.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOperação Lei Seca prende sete pessoas e remove 16 veículos
Próximo artigoLucimar de vice