Não quer papo? Novo recurso da Uber vai avisar o motorista

Uber leva em conta que, às vezes, o passageiro precisa de concentração ou até relaxar depois de um dia atribulado

Não quer conversar com o motorista de aplicativo? Tudo bem. Com novas reformulações da Uber, ele será avisado.

Ao solicitar o serviço de transporte, os usuários terão acesso à uma tela com opções pré-definidas, que incluem uma viagem silenciosa e a temperatura do ar-condicionado a seu gosto.

Definidas as preferências, as informações são enviadas para o aplicativo do motorista, que deve consulta-las antes que a viagem comece.

A Uber anunciou a chegada do novo serviço para este mês.

Mas alguns motoristas apostam que o serviço será disponibilizado como um teste para apenas alguns usuários. A previsão deles é que todos tenham acesso só em 1º de dezembro.

A primeira experiência do serviço foi realizada nos Estados Unidos, onde a categoria Uber Comfort foi lançada no ano passado.

Segundo a empresa, os recursos foram desenvolvidos pensando, especialmente, em quem usa com frequência o aplicativo. Afinal, pode ser que o passageiro precise de concentração antes de uma reunião ou apenas relaxar, depois de um dia de muito trabalho.

Diretora geral da Uber no Brasil, Claudia Woods diz que têm sido avaliadas algumas situações, por meio de consultas a usuários e parceiros.

“Muita gente já passou por situações assim. Você entra no carro cansado e tudo o que precisa naquele momento é de um pouco de sossego. Ou quando você simplesmente procura uma viagem mais confortável para sair para jantar com seus amigos”.

A nova categoria também vai aprimorar a experiência dos usuários em relação aos carros, que serão mais modernos e com mais espaço interno, ou seja, vai haver exigências para os motoristas de carros de determinados modelos e fabricantes.

Além disso, os parceiros precisam ter boa média no número de viagens e boas avaliações.

Mas vale ressaltar, as viagens com a Uber Comfort terão preço maior do que as viagens da categoria UberX.

No final de novembro, a categoria Select será descontinuada.

O que os “ubers” acham da novidade?

De acordo com o presidente da Associação dos Motoristas de Aplicativo, que representa 300 condutores, Kleber Campos, a exclusão de alguns carros os pegou de surpresa.

“É o meu caso. Investi em um carro que não corresponde às exigências da Uber para a nova categoria”, desabafa.

E o que acharam de possíveis recusas quanto à interação?

“Bem, nossos associados sempre discutem assuntos como este. Estamos sempre falando de nosso cotidiano, ao que devemos ficar atentos, como devemos reagir a determinadas situações. Para evitar avaliações ruins, por exemplo, não conversamos sobre política, religião e futebol”, se diverte.

E, para alguns, segundo ele, vai ser até um alívio.

“Imagina que um motorista que trabalha por 12 horas pode chegar a atender 100 pessoas? Pode ficar mais cansado”, ele ri.

“Nosso trabalho é servir. Mas se precisar, a gente continua fazendo as vezes de ouvinte, de conselheiro”, completa.

E com o tempo de serviço, Campos ressalta, os motoristas já vão aprendendo a detectar alguns sinais.

“O melhor é cumprimentar e esperar a pessoa falar com você. Pelo tom da resposta já dá para saber se é conveniente falar ou se o melhor é ficar quieto mesmo”, dá a dica.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS