Não passar roupas é a nova maneira de ajudar o planeta, diz ativista

Roupas amassadas com o poder de salvar milhões de árvores. O que você acha?

Pessoas pelo mundo todo começaram a fazer a mudanças em suas vidas domésticas para – pelo menos, é esse o argumento – ajudar o meio ambiente e salvar o planeta.

De fato, ações positivas como o uso consciente de água, energia solar e coleta seletiva do lixo são itens que já viraram uma tradição para diversas famílias.

Agora, no entanto, há uma nova dica: parar de passar roupas.

Essa proposta foi feita na Colômbia pela ambientalista Catalina Reyes, com a intenção de reduzir o consumo de energia.

“Ao usar roupas amassadas, ou melhor, que não foram passadas a ferro, entende-se que o implemento que desperdiçou energia desnecessariamente [também conhecido como ferro] não foi usado e, portanto, é absolutamente justificável”, ela argumenta.

É claro que muitas pessoas não gostaram da campanha, defendem um visual mais alinhado e com a bem passada.

Por outro lado, ela tem crescido nas redes sociais. Para muitos adeptos e apoiadores, roupas passadas seriam só uma questão de “esteriótipos” que a sociedade impõe.

Segundo Catalina, aliás, existem roupas que estão “na moda” e são vendidas amassadas. E não passar roupa em uma casa equivaleria a plantar sete árvores grandes.

E você, vai aderir?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS