Nada transparente

No Portal da ALMT já não é mais possível saber quanto ganha um deputado

O Portal da Transparência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) só é transparente no caso dos servidores concursados e/ou comissionados. Quando o assunto é deputado estadual, os dados não estão disponíveis.

Não é mais possível, por exemplo, saber quanto um deputado recebeu de salário.

Em tempos que – segundo o presidente da Mesa Diretora, Eduardo Botelho (DEM) – os parlamentares podem sofrer descontos por sessões que faltam sem apresentar justificativa, o cidadão não tem mais como acompanhar se este ou aquele deputado anda faltando demais ao trabalho.

Tem quem diga, aliás, que é justamente para o cidadão não conseguir acompanhar se os descontos estão, de fato, sendo feitos, que as informações já não estão mais disponíveis.

Ao LIVRE, o secretário de Gestão de Pessoas da ALMT, Elias Santos, disse que ia verificar o problema e pedir uma correção.

No mês passado, é bom lembrar, o LIVRE teve que entrar com um mandado de segurança no Tribunal de Justiça para obrigar a Assembleia Legislativa a prestar informações que são sonegadas ao público mesmo quando invocada a Lei de Acesso à Informação.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUruguayo Parrilla estreia com executivo prime, entrada, cortes extra-premium, guarnições e sobremesa por R$ 59,90
Próximo artigoDEM vai de candidatura própria

O LIVRE ADS