Municípios fronteiriços de MT receberão vacinas contra a covid

Comissão bipartite definiu que parte das 117.250 doses sejam entregues nas cidades que fazem divisa com a Bolívia

A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT) definiu nesta quinta-feira (15) a distribuição de  117.250 doses da vacina Astrazeneca, sendo que parte delas serão destinadas aos municípios de fronteira de Mato Grosso.

Conforme a Resolução nº 104, a vacina da Astrazeneca deve ser aplicada como primeira dose em pessoas entre 50 e 59 anos. As doses também vão contemplar pessoas de 18 a 54 anos que residem em municípios de região de fronteira.

Estão localizadas em região de fronteira os municípios de Araputanga, Barão de Melgaço, Barra do Bugres, Cáceres, Campos de Júlio, Comodoro, Conquista d’Oeste, Curvelândia, Figueirópolis d’Oeste, Glória d’Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari d’Oeste, Mirassol d’Oeste, Nossa Senhora do Livramento, Nova Lacerda, Poconé, Pontes e Lacerda, Porto Espiridião, Porto Estrela, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu, São José dos Quatro Marcos, Sapezal, Tangará da Serra, Vale de São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade.

Para a vacina Astrazeneca, o prazo de aplicação da segunda dose é de até 90 dias.

Foi pactuado a distribuição de um remanescente de 290 doses da Astrazeneca que estavam armazenadas na Rede de Frio Estadual como estoque estratégico.

Caso os municípios alcancem a completa vacinação dos públicos-alvo estabelecidos para a imunização, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos elencados pelo Ministério da Saúde.

Após a distribuição dos imunizantes aos municípios, as vacinas deverão ser armazenadas conforme as condições estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o apoio da segurança pública.

A aplicação das doses deve ser obrigatoriamente registrada pelos municípios no Sistema Nacional do Programa de Imunização (SI-PNI), do Ministério da Saúde. Até o momento, Mato Grosso já recebeu 2.297.250 doses de imunizantes contra a covid-19.

(Com informações da Assessoria)

 

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBebê e adolescente sofrem queimaduras em incêndio no interior de MT
Próximo artigoHomem ‘protesta’ após ser expulso de rodízio por comer demais