Mundo da fantasia

Mauro Mendes elegeu uma missão: acabar com o “mundo de fantasias” existente em MT

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Pelo que afirmou em entrevista à Rádio Capital FM na manhã desta terça-feira (16), o governador Mauro Mendes (DEM) dedicou os primeiros 100 dias de sua gestão a acabar com o, segundo ele, “mundo da fantasia” instalado em Mato Grosso.

O democrata usou o termo para se referir a pelo menos duas situações: os convênios que eram assinados com prefeitos e as emendas impositivas dos deputados estaduais.

Ambos, na maioria das vezes, tratavam de obras necessárias no interior do Estado e que o governo se comprometia a bancar, se não integralmente, em parte.

Mas, conforme Mendes, não passavam de promessas vazias e nunca eram pagos por uma questão simples: não havia – e ainda não há – dinheiro para isso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMuseu de História Natural inaugura cenário alusivo ao cotidiano do homem na pré-história
Próximo artigoPresidente do ICMBio pede demissão

O LIVRE ADS