Multas para quem inicia incêndios florestais não põem medo em ninguém, diz deputado

Na Câmara Federal, Dr. Leonardo defendeu a prisão para quem comete esses crimes

(Foto: Mayke Toscano/Seccom-MT)

O deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) afirmou que as multas aplicadas em quem inicia incêndios florestais “não põe medo em ninguém”, principalmente porque o nível de inadimplência é alto e as consequências são muito brandas.

A declaração foi dada durante reunião da Comissão Externa das Queimadas do Pantanal, na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (6). Na oportunidade, Dr. Leonardo ainda disse que “meia dúzia” de criminosos afetam negativamente a reputação de agricultores e pecuaristas que produzem dentro da lei.

“Qual percentual dessas multas é pago? Essa história de gerar multa e mandar para dívida ativa da União não põe medo em ninguém. Nunca pôs, não põe e nunca vai pôr medo em ninguém. Precisamos endurecer mais esse jogo. Para quem faz errado, a gente quer punição, não quer alisar ninguém que está desmatando”, defendeu.

 LEIA TAMBEM

Dr. Leonardo defendeu punições mais rigorosas, como a prisão, para esse tipo de crime. e ressaltou: as regras não podem ser usada para prejudicar o modo de vida de quem produz dentro da lei e preserva o bioma.

“Precisamos dosar da maneira correta as ações para garantir o fim do fogo ilegal no Pantanal, a recuperação do bioma e da economia local, pois muitas famílias vivem daquela terra. Quem está fazendo incêndios criminosos tem que ir preso”.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIndicado ao STF, Kassio Nunes Marques teria mentido no currículo
Próximo artigoPlaenge realiza pré-lançamento do Vox em Cuiabá