Multas de trânsito com desconto

Benefício é para quem aderir aos APP do Detran

Quem baixar o aplicativo do Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) pode obter descontos entre 20% e 40% no pagamento das multas de trânsito. Conforme o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), cerca de 74 mil motoristas já aderiram.

“Com a adesão ao SNE, além do pagamento das multas com os descontos de 20% e 40%, o proprietário do veículo é notificado do cometimento da infração de trânsito com maior rapidez, pois esta chega através do aplicativo, não sendo enviada via Correios. Desta forma, o condutor pode regularizar o veículo de forma imediata, bem como fazer a indicação de condutor enviando ao órgão autuador correspondente”, explicou a coordenadora de RENAINF e Defesa de Autuação do Detran-MT, Carine da Silva Bezerra.

O SNE está disponível dentro do aplicativo Carteira Digital de Trânsito – que contém também a CNH e o CRLV digital. O aplicativo pode ser baixado em aparelho celular com sistema Android ou IOS.

Com o SNE o pagamento da multa pode ser feito com 20% de desconto para os condutores que desejarem entrar com recurso e com desconto de 40% para os proprietários que abrirem mão do recurso.

Para o pagamento, o usuário deve solicitar o código de barras da infração ou copiar o código para pagamento no aplicativo, instalado no smartphone, da agência bancária a qual é cliente.

Com a adesão do SNE por parte dos motoristas, o Detran-MT ainda economiza recursos públicos com a emissão e postagem das notificações via Correios, bem como os recursos emanados destas.

Em Mato Grosso, já aderiram ao sistema o Detran-MT, a Prefeitura de Cuiabá e a Prefeitura de Sinop. Órgãos Federais como PRF e DNIT também estão aderidos ao sistema.

Como fazer para aderir

Para ter acesso ao sistema, o proprietário do veículo deve baixar no celular o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, disponível no Google Play ou na Apple Store. Em seguida, o condutor cadastra seu veículo e inclui ou exclui veículos a qualquer tempo, podendo acompanhar de forma detalhada todas as informações.

Os cidadãos que possuem veículos registrados em seu nome, mas que não são habilitados, devem preencher os dados de: CPF, e-mail, senha, número e código de segurança do Renavam. Todas as informações cedidas são validadas na base do Renavam.

Os veículos cadastrados com CNPJ devem utilizar o SNE Web. A solução tem os mesmos benefícios e também garante até 40% de desconto nas infrações.

Pessoas físicas podem acessar as informações pelo aplicativo e pelo site (sne.denatran.serpro.gov.br). Já pessoas jurídicas acessam apenas pelo site, utilizando o certificado digital.

(Com informações da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá comemora acesso, mas perde para Sampaio Corrêa
Próximo artigoMãe descobre por vídeo que marido estava abusando da própria filha e o denuncia