Mulheres de produtores de algodão debatem o agronegócio

Encontro terá como tema central Projeto de Lei que trata do registro, fiscalização e controle dos pesticidas

Com o objetivo de buscar e trocar informações sobre o Projeto de Lei (PL) 6.299/2002, que trata do registro, fiscalização e controle dos produtos agrotóxicos no Brasil, mulheres ligadas ao agronegócio mato-grossense participarão de um encontro em Cuiabá, na tarde desta quinta-feira (23 de agosto).

“Agroligadas” é o nome dado ao Encontro de Mulheres Agro MT, uma iniciativa de Geni Schenkel, que conta com apoio da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa).

“Como esposas de produtores rurais, somos constantemente bombardeadas por notícias acerca do PL 6.299 e outras questões ligadas ao agronegócio, que envolvem saúde, segurança alimentar e meio ambiente. Todos esses temas nos interessam e por isso estamos buscando mais informações de modo a podermos traçar uma estratégia de defesa em relação a acusações que são feitas à produção no campo”, explica Geni, que é casada com Alexandre Pedro Schenkel, presidente da Ampa.

O Encontro terá várias palestras, sendo que algumas estarão a cargo de convidadas de fora de Mato Grosso. A jornalista Daniela Camargo e a engenheira agrônoma Andréia Ferraz, da Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef), apresentarão o tema “Uma conversa sobre defensivos recheada de ciências”. Em seguida, será a vez de Danielle Arouche, coordenadora de Comunicação do Instituto Pensar Agro (IPA), com o tema “Mitos e verdades sobre os pesticidas no Brasil”.

Marcelma Cecília Maciel da Silva, engenheira agrônoma e supervisora de Sustentabilidade do Instituto Algodão Social, apresentará o tema “Algodão Brasileiro Responsável” e falará sobre o trabalho de orientação do IAS junto aos produtores de algodão de Mato Grosso. Para terminar a tarde, Elaine Lopes da Silva, engenheira agrônoma, gerente técnica e sócia da empresa Leisor, abordará o tema “Desmitificando a área regulatória”.

O Encontro das Mulheres Agro MT será realizado no Mahalo Cozinha Criativa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMoisés Franz crítica político que pede mais quatro anos para cumprir o que prometeu
Próximo artigoProfessores e organizações querem arte obrigatória no ensino médio