Mulher tenta matar a própria filha para se vingar de marido que pediu separação

Ela torturou a criança, sufocou com travesseiro, bateu e enforcou

Imagem ilustrativa

Uma mulher de 36 anos foi presa nesse domingo (30) acusada de tentar matar a própria filha, de quatro anos, para se vingar do marido, de 33 anos, que queria separar-se dela.

O caso aconteceu no Bairro Parque Geórgia, em Cuiabá. A Polícia Militar foi acionada pela proprietária da quitinete em que a família mora, que informou que uma mulher estava agressiva com o marido e havia tentado matar a filha.

Uma equipe da PM foi até o local e entrou em contato com o marido da suspeita, que mostrou áudios da esposa dizendo que iria matar a filha do casal, com o propósito de vingança.

Os policiais pediram que o pai levasse a criança até eles. Aos militares, a menina afirmou que havia sido agredida pela mãe durante o dia. Ela estava com lesões no pescoço, devido a uma tentativa de homicídio da mãe, por enforcamento, e com uma lesão na perna, devido a outras agressões.

A criança contou, ainda, que além de ter sido torturada pela mãe durante o dia, ela também foi sufocada com um travesseiro. Uma vizinha confirmou que o ato ocorreu.

O pai também estava com lesões corporais e disse terem sido causadas pela esposa e que foi isso o que o fez querer terminar a relação.

Diante de tudo que ouviram, os policiais prenderam a suspeita e encaminharam todos para a delegacia, onde o caso foi registrado como tentativa de homicídio doloso, lesão corporal e tortura cometida contra criança.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTeletrabalho veio para ficar?
Próximo artigoGoogle é obrigado a excluir das buscas nome de vítima de vazamento de vídeos íntimos