Mulher tenta denunciar marido por ameaça e PM descobre que ela era quem agredia sogro idoso

Ao ver a polícia na casa, pedreiro contou ter visto a mulher agredindo com socos e cuspindo no idoso de 78 anos

Foto: Imagem ilustrativa/Reprodução/Jornal Desafio

Uma denúncia de ameaça a mulher em uma residência no Loteamento Marino, em Nova Monte Verde (940 km de Cuiabá), acabou se tornando uma de maus-tratos a idosos nessa quinta-feira (2).

Uma mulher de 39 anos acionou a Polícia Militar via 190 afirmando que havia sofrido ameaças do marido, de 31 anos, que supostamente a havia xingado e dito que ela “iria conhecê-lo ainda”.

Uma equipe da PM foi até a casa, visto que a mulher afirmou ter ficado com medo do marido, que estava apenas com o sogro, de 78 anos, em casa e que o marido estava viajando.

Quando os policiais estavam na residência, porém, um pedreiro se aproximou e disse que estava sentado em frente à casa da mulher que havia chamado a equipe, esperando seus companheiros de serviço chegar, pois ele trabalha em uma obra ao lado da casa da mulher, quando viu ela bater no idoso com socos e cuspir nele.

Quando o trabalhador falou isso, a mulher começou a discutir com ele. Os policiais a questionaram sobre o ocorrido e ela confessou ter cuspido no sogro, mas negou tê-lo agredido.

O idoso, no entanto, confirmou ter sido agredido pela nora e disse que essa era a quinta vez que ela o batia. Ele, no entanto, não quis representar contra a nora, nem ir até a delegacia.

Por fim, a mulher foi levada para a delegacia, onde o caso foi registrado como maus-tratos da mulher para com o idoso e ameaça do marido contra ela.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAudiência reúne lideranças de MT e MS para discutir implantação da “Estrada Verde”
Próximo artigoGoverno de MT recebe uma proposta para construção de ferrovia de R$ 12 bilhões