Mulher registra boletim após Samu recusar socorro enquanto ela passava mal

Ela precisou conseguir ir para o hospital por meios próprios, pois atendente pediu para ela ligar somente de manhã

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma mulher de 47 anos registrou um boletim de ocorrência nesta quinta-feira (23) afirmando que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) negou socorro a ela.

Segundo a moradora de Tangará da Serra (250 km de Cuiabá), ela estava em sua casa, no Bairro Jardim Tarumã, quando começou a passar mal.

Ela ligou para o Samu para pedir socorro, mas, segundo relato da vítima, a atendente respondeu que era para ela ligar somente pela manhã.

Em desespero, a mulher chegou a ligar para o Corpo de Bombeiros para pedir ajuda, mas eles responderam que o caso não era competência da corporação.

Com isso, a mulher acabou pedindo ajuda ao namorado, que a levou a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde ela passou por atendimento médico.

Ela tentou saber quem era o médico plantonista do Samu, mas não conseguiu a informação, somente conseguiu o nome da pessoa que atendeu a ligação.

O caso foi registrado como omissão de socorro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTRE-MT rejeita pedido para plesbicito sobre o VLT em Cuiabá
Próximo artigoGoverno cadastra cooperativas e associação para coletar ‘sucata’ nas secretarias