Mulher entra em trabalho de parto e bebê nasce em ambulância na BR-364

Socorrista percebeu que a criança ia nascer e preparou parto na rodovia

(Foto; Divulgação/Rota do Oeste)

Uma equipe de resgate da concessionária Rota do Oeste teve fortes emoções na manhã de sexta-feira (4). Os socorristas foram acionados para encaminhar uma grávida, que já estava em trabalho de parto, até um hospital.

A bebê (que ainda não teve o nome escolhido) resolveu nascer no meio do caminho, em plena BR-364.

A mãe da criança é Elaine Moraes dos Santos, de 31 anos. Segundo ela contou à equipe, é moradora da Agrovilla das Palmeiras, na região da rodovia, próximo ao município de Santo Antônio do Leverger (30 km de Cuiabá).

Na manhã de sexta-feira, a grávida chegou a ir em um posto de saúde e lá foi orientada a chamar a equipe de resgate. Ela queria chegar até um hospital de Cuiabá, mas o trajeto precisou ser interrompido.

Socorrista, Neuzeli Souza Caldeira, de 23 anos, foi quem notou que a criança já ia nascer e avisou à mamãe. Segundo ela, que ficou responsável por amparar o bebê durante o nascimento, o parto foi muito tranquilo, rápido e emocionante.

(Foto: Assessoria)

“Avisei a mãezinha que tinha chegado a hora e o parto aconteceu. Se me perguntarem qual a história mais marcante que tenho nesses quatro anos de Rota do Oeste, seguramente responderei que foi o nascimento dessa menina linda e saudável. Hoje tive o dia mais feliz da minha vida profissional”, comentou.

Mãe e filha receberam atendimento da equipe da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) móvel da Rota do Oeste. Depois, as duas foram levadas até o Hospital Santa Helena, em Cuiabá.

Também fizeram parte dessa história: Juliandre do Amaral, Dênis da Cunha Ormond, Alexandre Togoe, Nilton Correia, Jorge Augusto e Franciele Nascimento.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQuer emprestar dinheiro e ganhar juros? Você pode (e não é agiotagem)
Próximo artigoJovem ameaça a mãe e irmão com facão e coloca fogo na casa da família