Mulher é morta a facadas por não aceitar reatar relacionamento

Vítima foi morta a facadas em cima de sua própria cama; suspeito havia ido à casa dela para tentar convencê-la a reatar relacionamento

(Foto Ilustrativa/Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma mulher de 47 anos, identificada como Divina Pereira da Silva, foi morta a facadas pelo ex-companheiro, cujo nome não foi divulgado, no fim da noite dessa sexta-feira (9) em cima da própria cama, no Bairro Dom Oscar Romero, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

Conforme informações da Polícia Civil, os dois haviam se separado há cerca de seis meses e, nessa sexta-feira, o suspeito foi até a casa da vítima tentar convencê-la a reatar a relação.

Por não conseguir convencê-la, ele deu várias facadas na vítima em cima da cama dela. A mulher morreu ainda no local.

Após o assassinato, o suspeito fugiu em uma bicicleta com uma mochila nas costas.

Um parente de Divina disse à polícia que ela se separou do suspeito porque estava desconfiada que ele estava mexendo com alguma coisa errada, visto que aparecia em casa com grande quantidade de dinheiro e tentava esconder e fazia uso de drogas.

A polícia fez buscas pela cidade tentando localizar o suspeito, mas ele não foi encontrado.

O caso foi registrado como feminicídio por meio de arma cortante ou perfurante e está sendo investigado pela Polícia Civil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia Civil localiza R$ 150 mil em defensivos agrícolas de origem ilícita
Próximo artigoMato Grosso recua mais de 1 ano na expectativa de vida com a pandemia