Mulher é estuprada e humilhada pelo próprio marido

"As putas que eu pego são melhores que você" e "nem pra isso você serve", foram algumas das frases que ele disse para humilhar a vítima

Imagem ilustrativa

Uma mulher de 30 anos resolveu procurar o plantão da Polícia Civil em Cuiabá para vítimas de violência doméstica e sexual e denunciar o próprio marido, de 26 anos, por estuprá-la e humilhá-la.

A vítima, uma vendedora, contou que convive com o suspeito, que está desempregado e é usuário de drogas, há quatro anos e, juntos, o casal possui um filho de 1 ano e oito meses.

Nesse domingo, ao se negar a ter relação sexual com o marido, ele começou a obrigá-la e xingá-la com várias palavras de baixo calão.

Além de obrigá-la a manter a relação, a estuprando, ele a humilhou dizendo:

“As putas que eu pego são melhores que você e é por isso que elas fazem o que eu quero e na hora que quero”. “Nem pra isso [sexo] você serve”. “Você é porca, não sabe fazer nada”. “Você é gorda”. “Bagulho”.

A vítima também afirmou que já foi agredida em outros dias e vem sofrendo com o marido desde o segundo ano de convivência, mas nunca teve coragem de denunciá-lo.

Agora, ela resolveu pedir medidas protetivas contra ele. O caso foi registrado como estupro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLonge de ser uma cidade inteligente: Cuiabá é a 95ª de 100 cidades brasileiras
Próximo artigoMulher entra na frente do marido e é esfaqueada no pescoço pelo ex