Mulher é drogada e sofre estupro, agressão e facada de marido de irmã falecida

Ela está morando na casa do suspeito há uma semana

jovem
Imagem ilustrativa

Uma mulher de 34 anos registrou um boletim de ocorrência contra o cunhado, marido de sua irmã falecida, de 59 anos, afirmando ter sido violentada fisicamente e sexualmente por ele.

A vítima foi encontrada pela polícia aos prantos. Ela contou aos militares que está morando na casa do suspeito, no Bairro Palmiteria, em Juína (760 km de Cuiabá), há uma semana.

Na madrugada desta terça-feira (5), porém, ela afirma que o cunhado lhe deu entorpecentes. Depois ele teria aproveitado o momento de euforia dela por causa da substância para manter a relação sexual, mas ela não havia aceitado e foi forçada a praticar o ato e foi agredida.

Por fim, o homem ainda teria dado um golpe de facão no pé esquerdo da vítima.

Questionado, o suspeito disse que realmente havia deixado a cunhada, irmã de sua falecida esposa, morar em sua casa, mas negou tê-la estuprado, agredido, ou esfaqueado.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, no entanto, a vítima foi encontrada com um corte aparente no pé esquerdo e com escoriações no pescoço.

O caso foi registrado como lesão corporal e estupro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFederação: entenda como o novo modelo de união partidária vai valer em 2022
Próximo artigoPortal avaliará material de construção