Mulher é constrangida por atendente ao tossir em banco: “Afaste-se de mim!”

Ela resolveu procurar a polícia e registrar um boletim de ocorrência por constrangimento ilegal

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Com a pandemia do novo coronavírus, atitudes simples, como tossir, estão se tornando reprováveis na sociedade. Uma mulher de 50 anos, por exemplo, chegou a registrar um boletim de ocorrência nessa segunda-feira (27) após ser constrangida em uma agência bancária de Cuiabá, por tossir.

Segundo a mulher, ela estava em um banco na Avenida Filinto Müller, no centro de Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), aguardando em uma fila para ser atendida, quando tossiu.

Ela disse que estava de máscara, como todos, e não a tirou quando tossiu. Porém, quando chegou a vez dela de ser atendida, o gerente interino se afastou para trás e disse em voz alta:

“A senhora acabou de tossir agora, afasta de perto de mim, fica aí que eu vou te atender”.

Todos que estavam ao redor ouviram, o que deixou a mulher completamente constrangida.

Diante da vergonha, ela resolveu procurar a polícia e registrar um boletim de ocorrência por constrangimento ilegal.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Certo ele! Estamos em uma pandemia, não dá para achar que um pedido de afastamento seja constrangimento. Me poupe! Deveria ela nem sair de casa se estava com tosse!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJovem é preso em Cuiabá por estuprar a própria irmã
Próximo artigoGoverno envia 2,8 toneladas de medicamentos a Xavantes de Mato Grosso