Mulher é agredida e enforcada pelo companheiro enquanto amamentava

Mulher desmaiou ainda com o bebê no colo; na queda, a criança se machucou

Uma mulher, moradora do Bairro Vila Olinda II, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), chamou a Polícia Militar depois que sofreu violência doméstica, na tarde de sábado (6). Ela teria sido agredida e enforcada pelo próprio companheiro, que fugiu depois do crime.

Segundo o boletim de ocorrência, o caso aconteceu pouco antes das 16 horas. A mulher estava em casa, amamentando seu bebê, quando o homem passou a discutir sobre um motivo não relatado. O falatório, porém, se agravou.

O homem, que tem 22 anos, partiu para cima da mulher, e chegou a enforcá-la, ao ponto de que ela desmaiasse. Com sua queda, o bebê, que estava em seu colo, também caiu e ficou com uma vermelhidão na testa.

Segundo a vítima relatou, quando ela acordou, a criança já estava no colo do companheiro, chorando muito. Ela, então, chamou a polícia. No entanto, o homem fugiu antes que pudesse ser levado para a delegacia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

3 COMENTÁRIOS

  1. Tem uma amiga minha que e agredida pelo camponheiro mas ela tem medo de denuncia essa semana bateu bastante nela e so bate tarde da noite ele bateu tanto nela q ela passou mal e ainda jogou água fria eu to com muita do dela nem familia ela tem aqui em mt grosso eu falei pra ela tomar uma atitude ele agride demas ela

    • Ana!você mesma pode fazer isso denuncie pois é ficando calada e vendo isso acontecer que as mulheres estão vindo a órbito por conta desse tipo de covardia!!!se você ver denuncie não feche os olhos pra outras vitimas,seu silêncio pode ser fatal.

  2. Ana!você mesma pode fazer isso denuncie pois é ficando calada e vendo isso acontecer que as mulheres estão vindo a órbito por conta desse tipo de covardia!!!se você ver denuncie não feche os olhos pra outras vitimas,seu silêncio pode ser fatal.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLouvada personaliza rótulos para o aniversário de Cuiabá
Próximo artigoJuíza julga improcedente ação que denunciou nepotismo na Casa Civil