Mulher é agredida após dar à luz porque marido acredita não ser o pai

Agressão ocorreu na casa do casal e o homem quer um exame de DNA

Foto: Ilustração

Uma mulher de 27 anos foi vítima de agressão física e psicológica na manhã dessa terça-feira (10), três dias após dar à luz, porque o marido não acredita ser o pai do filho que ela acabara de ter.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima acionou a Polícia Militar após a agressão, mas o marido já tinha fugido da casa. O casal mora no Bairro da Ponte, em Diamantino (180 km de Cuiabá).

A mulher contou estar de resguardo pelo parto há apenas três dias e que o marido ficou alterado por não acreditar que o filho seja dele.

Os dois deram início a um bate-boca e ele falou para a mulher que a mãe dele irá pagar para que seja feito um exame de DNA no menino.

Durante a discussão, o homem teria partido para cima da mulher com empurrões, machucando os seios dela. Aos policiais, ela disse não ter ficado com lesões aparentes, mas estar sentindo dores nos seios.

A Polícia Militar registrou a ocorrência como “maus-tratos”, mas orientou a vítima a procurar uma delegacia para denunciar o marido e pedir medidas protetivas.

O caso foi encaminhado para a Polícia Judiciária Civil e o suspeito não foi encontrado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBandidos invadem casa, bebem a noite toda e fogem levando refém
Próximo artigoBolsonaro tem dieta oral suspensa e vai para alimentação endovenosa

O LIVRE ADS