Mulher de 50 anos é estuprada por vizinho que conhece desde criança e viu crescer

O abuso aconteceu dentro da casa da vítima

Imagem ilustrativa (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma mulher de 50 anos foi estuprada na madrugada deste domingo (17) por alguém que, para ela, era inimaginável: um vizinho, que hoje tem 30 anos, mas que ela conhece desde criança e viu crescer.

O caso aconteceu em Barra do Garças, por volta das 3h30.

Segundo relato da vítima, durante a noite ela, sua sobrinha, um primo e o vizinho se reuniram em sua casa. Em determinado momento, ela se retirou, desligou o som e foi dormir, assim todos também foram.

Quando ela estava fechando a porta da cozinha para trancar, porém, o suspeito a surpreendeu tentando segurá-la e já tirar a roupa dela. Ele, então, disse que sempre teve tesão nela, desde criança.

A vítima tentou impedir o suspeito de continuar o abuso, pediu que parasse e tentou gritar, mas ele mordeu os lábios dela para fazê-la ficar quieta, deixando-a machucada.

Por fim, o acusado conseguiu consumar o estupro.

Quando a mulher finalmente conseguiu gritar, a sobrinha ouviu e abriu a porta do quarto. A mulher pediu socorro e o suspeito fugiu.

Pouco depois, porém, ele retornou e ficou intimidando a vítima e a sobrinha, questionando se elas iriam chamar a polícia, e só parou quando viu uma equipe da Polícia Militar se aproximando. Aí ele saiu correndo, pulou o muro e fugiu em direção a um matagal.

Aos policiais, a mulher contou que conhece o suspeito desde pequeno, que até pouco tempo ele estava preso em Cuiabá e que, inclusive, estava utilizando tornozeleira eletrônica.

Os militares fizeram rondas nos arredores do local, mas não encontraram o suspeito. O caso foi registrado como estupro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.