Mudou de ideia

Aldo Locatelli decidiu que quer a imprensa cobrindo seu depoimento na CPI da Sonegação

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Prevista para ocorrer nesta terça-feira (23), às 9h da manhã, a oitiva do empresário Aldo Locatelli à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e Sonegação Fiscal, instalada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, não vai mais ser a portas fechadas. O pedido para que a imprensa fosse mantida longe havia partido do próprio empresário, que agora mudou de ideia.

Locatelli, de quem os deputados esperam ouvir como funciona o suposto esquema de sonegação no setor de combustíveis, informou os parlamentares que não será mais necessária a restrição. E mais: ainda pediu que a CPI chamasse os repórteres.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEx-governadores de MT não precisam devolver pagamento de pensões
Próximo artigoVídeo: agentes andam de viatura com o pneu furado e ainda multam quem filmou a cena