MT registra segunda maior alta consecutiva no consumo de energia

A maior parte, quase 80%, foi demandada pelo mercado regulado, que atende residências e pequenos comércios

(Foto: Freepik)

Pelo segundo mês consecutivo, Mato Grosso registrou a maior alta no consumo de energia elétrica entre os Estados brasileiros. Os dados preliminares são do Boletim InfoMercado Quinzenal, da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Em abril, foram utilizados 1.267 megawatts médios, volume 12% maior em relação ao mesmo período do ano passado.

A maior parte, quase 80%, foi demandada pelo mercado regulado, segmento que cresceu 13% no Estado, no comparativo anual, e que atende residências e pequenos comércios. O restante foi consumido pela indústria e grandes empresas, como shoppings e redes de varejo, que compram energia no mercado livre. O ambiente avançou 9,5% em abril.

Destaque para o setor alimentício, ramo de atividade econômica que historicamente mais consome eletricidade no Estado. Foram 135 MW médios utilizados em abril, crescimento de 2% em relação ao ano passado, avanço puxado pela produção agrícola, na avaliação da CCEE.

A extração e refino de minerais não-metálicos, outro mercado importante no Mato Grosso, demandou 46 MW médios, alta de 17%. Serviços e Comércio, que também têm participação significativa na demanda total, avançaram 54% e 31%, respectivamente, no comparativo anual, impulsionados ainda pelas novas cargas que migraram para o mercado livre neste Estado.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCesta básica mais barata
Próximo artigoNúmero de casos de esclerose múltipla cresce 30% na rede pública