MT registra aumento na arrecadação e lidera ranking brasileiro no primeiro semestre

Receita do Estado cresceu 15% de janeiro e junho, enquanto a estimativa do governo era de que haveria queda por conta da pandemia

Mato Grosso foi o Estado que mais arrecadou impostos no Brasil no primeiro semestre de 2020. O total de receita que entrou nos cofres públicos entre janeiro e junho ficou em R$ 4,5 bilhões, conforme reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo. 

A quantia representa um crescimento de aproximadamente 15% em relação ao mesmo período de 2019, quando houve entrada de R$ 3,9 bilhões. No cenário da pandemia do novo coronavírus, esse resultado colocou Mato Grosso na liderança da arrecadação no país. 

Grandes Estados tiveram queda no primeiro semestre: São Paulo (-6,8%) e Rio de Janeiro (-8,70%), por exemplo. 

Além de Mato Grosso, cinco Estados tiveram alta na arrecadação de receitas: Mato Grosso do Sul (1,5%), Amapá (9%), Amazonas (2,2%), Tocantins (3,90%) e Pará (0,4%). 

No começo da pandemia, a equipe econômica do governo Mauro Mendes estimava queda de até 40% na arrecadação a partir de abril, mês em que passou a se sentir a retração econômica causada pelo isolamento social. 

O impacto mais forte ocorreria no recolhimento do ICMS, imposto que incide sobre todas as atividades econômicas. O último boletim informativo divulgado, na penúltima semana de junho, todavia, aponta leve crescimento na arrecadação desse imposto, com faturamento de R$ 9,35 bilhões. 

Outro resultado positivo em junho foi a geração de novas vagas de emprego no país, também liderada por Mato Grosso. 

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMorre Zulmira Meirelles
Próximo artigoVantagens aos voluntários