MT já recebeu 560 mil vacinas, mas aplicação está abaixo dos 50%

Ministério da Saúde diz que, até a manhã desta segunda-feira (5), Estado tinha mais doses estocadas do que usadas para a imunização contra a covid-19

(Foto: Ednilson Aguiar)

Mato Grosso ultrapassou, na semana passada, a marca do meio milhão de doses de vacinas recebidas para a imunização contra a covid-19. Mas menos da metade dessa quantidade já foi aplicada em quem precisa. 

O Ministério da Saúde informa que, até a manhã desta segunda-feira (5), apenas 47% das doses haviam sido distribuídas à população pelos 141 municípios. A primeira dose foi aplicada em 198.867 pessoas do grupo prioritário, e a segunda dose em 67.842. 

Os dados estão disponíveis na página Localiza SUS, com atualização diária do andamento da vacinação pelo país. Eles mostram a distribuição de 561.210 doses da CoronaVac e da AstraZeneca a Mato Grosso. 

Com a aplicação de somente 47% desse total, hoje Mato Grosso tem mais doses estocadas (294.501) do que já usada para o avanço da campanha contra a covid-19.  

(Foto: Reprodução)

Conforme o deputado federal Leonardo Albuquerque (SD), coordenador da bancada de Mato Grosso no Congresso, até sexta-feira (2), havia uma diferença de 167 mil doses entre a quantidade informada como distribuídas aos municípios e a quantidade aplicada. 

“O Estado diz que já distribuiu quase 100%, mas os municípios dizem que não vão assumir essa culpa, porque o que eles recebem já estaria sendo aplicado. Fica esse jogo de empurra de culpa. Na verdade, não sabemos o que está acontecendo”, disse. 

O Localiza SUS informa que cerca de 25% das vacinas aplicadas foram a segunda dose. O coordenador afirma que o Estado reserva cerca de 30% em estoque com essa finalidade. “Mas e o restante? Foi perdido, extraviado, realmente foi liberado pelo Ministério da Saúde?”, ele pergunta. 

Na semana passada, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou que 48 municípios atualizem o andamento da vacinação pelas secretarias locais de saúde. Uma reportagem publicada pelo LIVRE mostra que, até há uma semana, quase um terço dos municípios havia alcançado 50% de eficácia. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorViolência doméstica: entre o medo de morrer e a coragem de denunciar
Próximo artigoMães e empresárias cobram retorno às aulas presenciais em MT