MT fatura dinheiro da “Lava Jato”

Recursos será usado para combater incêndios

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Mato Grosso será um dos 9 estados que vão receber recursos oriundos do Fundo da “Lava Jato” para combater os incêndios e preservar a Amazônia. O ministro Alexandre Moraes, do Supremo Tribunal Federal, homologou o acordo nesta terça-feira (17).

Conforme o documento, dos R$ 2,6 bilhões recuperados da Petrobrás a partir da operação, R$ 1,6 bilhão serão destinados à educação e R$ 1 bilhão para o Meio Ambiente.

Depois da definição de quem iria ficar com o que, houve uma reunião entre governadores de 9 estados que compõem a Amazônia Legal e o ministro de Meio Ambiente, Ricardo Salles.

E, ficou decidido que 50% dos R$ 1 milhão – R$ 500 mil – seria dividido igualmente entre os estados. E assim, R$ 23,8 milhões serão depositados nos próximos dias para cada um.

Já o restante, será distribuído conforme critérios do governo. Salles argumentou que levará em consideração tamanho da área afetada e número de focos, dentre outros requisitos.

Sendo assim, Mato Grosso tem chance de conseguir outro repasse representativo.

Vale lembrar que o governador Mauro Mendes está desde o dia 2 de setembro de olho no recurso. Chegou a ter reuniões com líderes em Brasília, mas apenas agora, teve uma resposta favorável.

Leiam também:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.