MT é o estado do Centro-Oeste com o maior número de mortes por covid-19

Com a alta no número de casos e mortes, Mato Grosso já é considerado "epicentro" da doença na região

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Mato Grosso é o Estado da região Centro-Oeste com o maior número de vítimas fatais da covid-19. Até a segunda-feira (29), 582 pacientes morreram com a doença no Estado. Os dados são atualizados pelo Ministério da Saúde, com informações repassadas pelas secretarias estaduais.

Com a alta no número de casos, Mato Grosso já é considerado “epicentro” da doença na região.

O Distrito Federal aparece logo atrás, com 559 óbitos. Os outros Estados, Goiás e Mato Grosso do Sul têm, respectivamente, 437 e 75 mortes.

A curva de casos em Mato Grosso não para de crescer. 

No dia 27 de abril, data em que o comércio foi autorizado a reabrir, o Estado tinha 256 casos confirmados e 10 mortes. Um mês depois, o número saltou para 1.909 pacientes e 47 mortes.

LEIA TAMBÉM

O último boletim diário do governo aponta 15.328 casos confirmados e 590 óbitos. A diferença entre o informado pelo governo federal se dá pelo horário de atualização da plataforma Coronavírus Brasil, mantida pelo Ministério da Saúde.

Crescimento e colapso

Com o crescimento dos números, o colapso no sistema de saúde já foi admitido pelo secretário estadual, Gilberto Figueiredo. O gestor testou positivo para a doença e cumpre isolamento domiciliar,

Em nota, divulgada recentemente  o governo de Mato Grosso informou que os hospitais já estão em situação crítica, começando a ocupar os leitos de retaguarda que, pela regra, deveriam ficar desocupados.

Segundo um estudo feito por pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), os leitos de UTI devem se tornar insuficientes a partir desta terça-feira (30).

A taxa de ocupação dos leitos, segundo o governo do Estado, está em 90,4%.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCovid-19: 22 municípios de MT têm grau “muito alto” de contágio; confira
Próximo artigoMT: 28 prédios públicos já passaram por desinfecção desde o começo da pandemia

O LIVRE ADS