MT é 13º em ranking de transparência nos gastos com a covid

Estado recebeu a nota 90,5 em levantamento feito por ONG. Na última edição da pesquisa, estava na 20ª colocação

(Foto: Reprodução/Assessoria da Prefeitura de Cuiabá)

Nem lá, nem cá. Dentre os 26 Estados e o Distrito Federal, Mato Grosso é o 13º colocado em um ranking que mede o nível de transparência em relação às contratações emergenciais e gastos para o enfrentamento da covid-19.

O levantamento é feito ONG Transparência Internacional e foi divulgado nesta sexta-feira (31).

A escala vai de 0 a 100 pontos. E o nível de transparência varia de péssimo (0 a 19), ruim (20 a 39), regular (40 a 59), bom (60 a 79) a ótimo (80 a 100).

Ceará, Espírito Santo e Rondônia são os mais bem colocados, com 100 pontos cada. No meio da tabela, Mato Grosso teve nota 90,5. Na edição anterior da pesquisa, estava em 20º lugar, com nota 71,5.

Na outra ponta, aparece Roraima, com 40,5 pontos. O desempenho é considerado regular.

O governo federal também foi avaliado e teve atuação regular.

“A avaliação do governo federal mostra que ainda há muito o que fazer para dar mais transparência às suas contratações emergenciais”, destaca a ONG.

(Foto: Mayke Toscano/Secom-MT)

Capitais

A ONG também mediu o nível de transparência das Capitais. No topo, aparecem Macapá (AP), Vitória (ES) e João Pessoa (PB), com 100 pontos cada e desempenho considerado ótimo.

Cuiabá é a 18ª, com 79 pontos nos quesitos. Esse é o pior resultado entre as Capitais da região Centro Oeste.

No contraponto, São Luís (MA) vem em última colocação, com 50,6 pontos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuidados com instalações evitam desperdício de água e prejuízos na fatura
Próximo artigoPolícia resgata bebê de dois meses que estava trancado em carro