MP negocia R$ 7,4 mi contra coronavírus

Órgão aprovou aditamento para recurso de empresa investigada por crime ambiental seja liberado em sete parcelas

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Mato Grosso vai receber R$ 7,4 milhões, em sete parcelas, da empresa PB Brasil Indústria e Comércio de Gelatinas Ltda. para combate ao coronavírus. 

O valor começa a ser depositado a partir de segunda-feira (30). A primeira parcela é de R$ 1,2 milhão. 

A transferência foi autorizada pelo Conselho Superior do Ministério Público do Estado (CSMP) a partir de acordo assinado, no final de 2019, com a empresa investigada por crimes ambientais.  

A 16ª Promotoria de Justiça Cível da Defesa do Meio Ambiente Natural de Cuiabá estabeleceu em inquérito civil que, além do pagamento de multa pelas infrações ambientais, a empresa terá que adotar uma série de providências para compatibilizar o exercício de suas atividades aos parâmetros previstos nas resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente e da Agência Nacional de Águas (ANA).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno de Mato Grosso restringe a entrada de estrangeiros de sete países
Próximo artigoCoronavírus: grupo de apoio mobiliza voluntários para atender pessoas em situação de rua

O LIVRE ADS