MP de portas fechadas

Por conta da disseminação da covid-19, Ministério Público de Mato Grosso suspendeu atividades presenciais e implantou o teletrabalho

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

Diante do aumento expressivo do número de casos da covid-19 em Mato Grosso, todas as unidades do Ministério Público Estadual permanecerão fechadas até o dia 23 de março. A  medida foi adotada como forma de prevenção ao contágio.

O ato administrativo que trata sobre o assunto foi veiculado nesta terça-feira (9), no Diário Oficial Eletrônico (DOE) da Instituição.

Somente em casos excepcionais será autorizada a entrada de membros, servidores, estagiários e prestadores de serviço do MPMT. Na sede das promotorias e do Gaeco, a autorização ficará a critério da coordenação.

Já na Procuradoria-Geral de Justiça, a autorização será feita pela administração superior ou pela diretoria-geral.

“Em quaisquer das hipóteses de exercício de atividades presenciais, todos que adentrarem nas dependências do MPMT deverão observar os protocolos sanitários constantes no Guia de Orientações sobre Covid-19, publicado e disponibilizado pela Procuradoria-Geral de Justiça no site oficial da instituição”, diz o ato.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEfeito pandemia: pizzaria Dom Sebastião acumula dívidas de R$ 6,2 milhões
Próximo artigoJustiça mantém bloqueio de R$ 712 mil de ex-secretário de Saúde de MT