MP acusa Frota de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica

O deputado teria usado ex-assessor parlamentar como laranja em duas empresas

Ex-deputado do PSL disse em entrevista que estava decepcionado com o governo Bolsonaro.

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB) foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. De acordo com a denúncia, Frota teria usado ex-assessor parlamentar como “laranja” em duas empresas.

Segundo o promotor Marcelo Mendroni, o deputado é o dono das empresas, mas as colocou em nome de Marcelo Ricardo Silva de modo a ocultar a origem dos valores.

“Trata-se de estratagema para ocultar a origem dos valores, já que neste mesmo período Alexandre Frota Andrade possuía contas correntes bancárias e não queria receber os valores diretamente por elas”, disse o promotor.

Se a Justiça aceitar a denúncia, o deputado pode responder pelo crime previsto no artigo 299 do Código Penal, que prevê pena de até cinco anos de reclusão.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAutorizadas pela Anvisa: vacinas contra covid são testadas em MT
Próximo artigoMenos vereadores em Cuiabá