Movimentos estudantis e entidades sindicais voltam às ruas de Cuiabá

Protestos ocorreram em mais de 170 cidades brasileiras dos 26 estados, além do Distrito Federal

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Entidades sindicais e movimentos estudantis, professores, técnico-administrativos e estudantes voltaram às ruas nesta terça-feira (13), para protestar contra o contingenciamento de recursos da educação, em defesa da autonomia das universidades públicas e contra a reforma da Previdência.

Manifestantes se reuniram na Praça Alencastro, em Cuiabá. Eles se somam a milhares de pessoas de mais de 170 cidades brasileiras dos 26 estados, além do Distrito Federal, que dão continuidade à mobilização de maio, organizada em defesa da manutenção das verbas para o ensino superior.

Confira imagens:

(Com Agência Brasil)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.