Motociclista anda 60 metros no para-brisas de carro após ser atropelada

A motorista, de 56 anos, não teria visto a placa de "Pare" e invadiu a preferencial

Foto: Reprodução

Uma motorista de 56 anos bateu em uma motociclista de 23 anos na tarde dessa quarta-feira (24) e, sem conseguir parar imediatamente, andou com a vítima em cima do para-brisas por aproximadamente 60 metros.

O caso aconteceu no centro de Tangará da Serra (245 km de Cuiabá), no cruzamento da Rua 24 com a Rua 7, na esquina da Feira do Produtor.

Conforme informações da Polícia Judiciária Civil, quando a equipe chegou ao local, a motociclista ainda estava sobre o para-brisas. Ela possivelmente fraturou o fêmur e, por isso, não conseguia se mexer para descer do carro.

Ela recebeu os primeiros-socorros e, depois, foi encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Testemunhas relataram à polícia que a motociclista seguia pela Rua 24, preferencial, quando, ao passar no cruzamento com a Rua 7, foi atingida pela motorista de um Honda HR-V vermelho.

A motorista, de 56 anos, não teria visto a placa de “Pare” e invadiu a preferencial, fazendo a motociclista ser arremessada no para-brisas. Ela foi submetida ao teste do bafômetro, com resultado negativo.

Ninguém foi preso. A Polícia Judiciária Civil apura o caso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFestival em shopping terá cervejas artesanais e pratos preparados por chef
Próximo artigo“Se precisar vamos fazer 24 horas de sessão”, diz Botelho sobre lei de incentivos