Moro vira réu em ação do PT sobre prejuízos à Petrobras

Petistas acusam o ex-juiz de ter abusado do seu poder como juiz e ter causado danos ao Brasil

Foto: Isaac Amorim/MJSP

O ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) virou réu de uma ação popular ajuizada por deputados do PT na Justiça Federal do Distrito Federal. A ação foi protocolada no fim do mês de abril.

No processo, deputados do Partido dos Trabalhadores pedem a condenação de Moro a ressarcir os cofres públicos por supostos prejuízos causados à Petrobras com a atuação do ex-juiz na Operação Lava Jato.

Os parlamentar alegam ainda que  Moro cometeu “desvios de finalidade e excessos e abusos” que acabaram por prejudicar o Brasil.

Petistas contra Moro

O processo foi assinado pelos deputados Rui Falcão (SP), Erika Kokay (DF), Natalia Bonavides (RN), José Guimarães (CE) e Paulo Pimenta (RS).

Versão de Moro

O ex-ministro comentou o processo e afirmou que a ação popular proposta pelos deputados do PT é “risível”.

Moro afirmou ainda que não acredita na possibilidade de ser condenado na ação do PT.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPreço do frete recua em MT, segundo a Conab
Próximo artigoDados do comércio: consumo dos cuiabanos cresce pelo quinto mês consecutivo