|domingo, 19 agosto 2018

    Modelo de regularização fundiária não inclui pequeno produtor, diz fórum

    31
    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Ednilson Aguiar/O Livre

    Herman Oliveira, Secretário executivo do Formad

    Herman Oliveira, Secretário executivo do Formad: conflitos no campo tendem a se acirrar

    Planos tidos como definitivos vem e vão. Milhões são gastos todos os anos com sistemas de cadastro e reordenamento. Os conflitos agrários na Amazônia Legal, no entanto, se acirram a cada ano.

    Para Herman Oliveira, secretário-executivo do Formad (Fórum Mato-grossense de Meio Ambiente e Desenvolvimento), os episódios de violência no campo, como a chacina de nove trabalhadores rurais ocorrida em abril em Colniza, tendem a aumentar pela falta de ações efetivas de regularização fundiária.

    Em entrevista gravada no estudio do LIVRE, Oliveira citou como exemplo a ausência de programas específicos para áreas ocupadas por pequenos proprietários de terra e comunidades tradicionais.

    O Simcar (Sistema Mato-Grossense de Cadastro Ambiental Rural), criado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), segundo ele, não foi criado pensando nesse público.

    “Os atuais modelos de regularização são construídos para os médios e grandes produtores. Isso não atende a uma comunidade quilombola, por exemplo, que necessita de titulação coletiva”, afirma.

    O tema foi tratado recentemente em um encontro de entidades, prefeituras, órgãos dos governo estadual e federal, além de lideranças e representantes de comunidades tradicionais em Cuiabá.

    “A falta de regularização leva não apenas à violência, mas também ao desmatamento, que também voltou a crescer na região”, alerta.

    Confira a entrevista:

     

    Deixe um comentário

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    Temporal derruba antena de TV e fachadas de lojas em Sinop
    Homem é preso acusado de estuprar enteada de 12 anos
    Problemas no fornecimento de energia elétrica trazem prejuízo a comércio na região do Santa Rosa
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    Veja a agenda dos candidatos a governador de MT desta segunda
    MT compra derivado da maconha por meio de liminar, diz secretário
    Sem experiência como gestor, Taques desconhecia limitação de recursos, diz aliado
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    Sistema de classificação de grãos precisa evoluir, alerta Aprosoja Brasil
    Vencedores do Prêmio de Mobilização visitam fábrica da New Holland em Curitiba
    Fazenda que produz mais de 37 mil litros de leite por dia atrai atenção dos mato-grossenses
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Novas marcas exploram tendências em maquiagem durante o ProBeleza 2018
    Gusttavo Lima volta a Cuiabá em outubro com sucessos e releituras de clássicos
    Duelo estadual de MCs terá seletivas nas batalhas de Cuiabá e VG até outubro; confira datas
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    USP terá curso gratuito e meninas podem se tornar cientistas
    Exército diz que 1,2 mil venezuelanos saíram do Brasil após violência
    Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 27 milhões na quarta-feira
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Por R$ 23 mil, Tribunal de Justiça de Mato Grosso lança concurso para magistratura
    Sejudh abre concurso para agentes penitenciários com salários de até R$ 3 mil
    Sine Municipal oferece 78 novas oportunidades para quem deseja retornar ao mercado de trabalho
    X