Moção de repúdio rejeitada

Deputado estadual Gilberto Cattani (PSL) pediu que colegas manifestassem reprovação à opinião da deputada federal Rosa Neide (PT)

O deputado estadual Gilberto Cattani (PSL) quis que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso aprovasse uma moção de repúdio à deputada federal Rosa Neide (PT). A petista fez  críticas ao presidente Jair Bolsonaro, na abertura dos trabalhos na Câmara Federal. 

A moção de repúdio seria por causa da opinião da parlamentar de que o Bolsonaro estaria “contribuindo para a divulgação de fake news sobre o processo eleitoral de 2022” e pela citação da abertura da investigação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

O pedido, apresentado e votado nesta quarta-feira (4), foi rejeitado por 11 deputados e aprovado por 3. Quem votou contra disse que Cattani se excedeu.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSuspeitos de matar policial militar espancado se entregam à polícia
Próximo artigoEm VG: morre esposa que era aguardada na porta do hospital pelo marido