Miss Mato Grosso Gay 2019 irá escolher a mais bela neste domingo

O concurso é um dos mais aguardados pela comunidade LGBT. Ao todo, 14 candidatas disputam a coroa que levará ao Miss Brasil Gay

(Foto: Assessoria)

Neste final de semana a bandeira do arco-íris ganhará mais glamour, com direito a plumas e paetês. É que o concurso de beleza Miss Mato Grosso Gay 2019 irá escolher a candidata que irá carregar a faixa no próximo ano, neste domingo (16), às 20h, no Teatro Zulmira Canavarros.

O concurso é um dos mais aguardados pela comunidade LGBT. Ao todo, 14 candidatas disputam a coroa que levará ao Miss Brasil Gay, com previsão de realização em agosto de 2019, em Juiz de Fora-MG.

Para o Miss Brasil, o preparo das candidatas é mais rigoroso. A vencedora deverá aprender técnicas de passarela, maquiagem, aulas de ativismo LGBT e além disso, deverá engajar-se em ações sociais dando voz à população LGBT.

O coordenador estadual do concurso, Caio Bandeira, diz que a expectativa é muito grande entre 15 postulantes à coroa. Segundo ele, representam municípios de Mato Grosso. “É importante realizar com antecedência o evento, em relação ao nacional, para que haja um tempo hábil para a preparação rumo à etapa nacional”.

“Um concurso como esse dá o suporte necessário para que a sociedade encare o ‘transformismo’ como uma arte e que essas artistas sejam reconhecidas e respeitadas. A entrega delas é intensa e complexa”, salientou.

As concorrentes já estão se preparando para a etapa mato-grossense há vários meses entre ensaios e palestras. Há também a preocupação com a maquiagem do dia e os trajes de gala que sempre são um espetáculo à parte e enchem a passarela de brilho e glamour. O LIVRE vai estar presente no evento e registrará os melhores momentos.

Como premiação, a vencedora levará o prêmio de R$ 2 mil reais, procedimentos estéticos para o rosto e tratamento com especialista em estética dental.

Ingressos estão sendo vendidos a R$ 10 e um item de material de limpeza que será doado para Casa da Mãe Joana.

Mais informações: (65) 99940-5844.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLula vira réu em caso de Guiné Equatorial
Próximo artigoBlairo regulamenta abate de suínos