Ministro Kassio Nunes vota contra suspeição de Moro em processos contra Lula

Ministro saiu em defesa da Lava Jato e votou contra o julgamento que poderá anular toda a operação

Na tarde desta terça-feira (23), o ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou contra a suspeição do ex-juiz Sergio Moro nos processos oriundos da Operação Lava Jato envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O julgamento foi retomado hoje pela Segunda Turma do STF. Com o voto de Nunes, o placar fica em 3 a 2 contra a suspeição do ex-juiz, mas a ministra Cármen Lúcia ainda pode rever o seu voto.

De acordo com o ministro, não existem provas concretas de que Sergio Moro tenha sido parcial na condenação de Lula. O ministro citou também que os processos envolvendo Lula foram julgados em todas as outras instâncias do Judiciário.

“No meu entendimento, todos esses fatos já foram objeto de análise em todas as instâncias do Poder Judiciário. É inviável a reanálise de três fundamentos nesta via eleita. Na hipótese de suspeição, é preciso provas”, disse Nunes Marques ao ler seu voto.

Se a maioria dos ministros entenderem que Moro agiu de forma parcial durante a condução da Lava Jato, toda investigação teria que recomeçar do zero.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJoe Biden promete avançar com políticas de desarmamento nos Estados Unidos
Próximo artigoCuiabá adia anúncio de novas medidas para controlar contágio