Ministro dos Transportes vem a Mato Grosso debater ferrovias

Tarcísio Gomes de Freitas passa por Rondonópolis e Água Boa nesta sexta-feira

Foto: Dida Sampaio/ Estadão

Ministro dos Transportes, Tarcísio Gomes de Freitas estará em Mato Grosso nesta sexta-feira (14). Ele cumpre agenda em Rondonópolis, onde pretende conhecer os argumentos que justificam o prolongamento dos trilhos da Ferrovia Vicente Vuolo em direção a Cuiabá e Sorriso.

O projeto que confirma a viabilidade técnica e econômica da obra foi elaborada pela Rumo, empresa que detém a concessão, e está sob análise da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Presidente da Frente Parlamentar Mista de Logística e Infraestrutura, o senador Welington Fagundes (PR), lembra, no entanto, que a ampliação ainda depende de outro fator: os trilhos precisam estar inseridos no processo de renovação antecipada da concessão da malha ferroviária paulista.

Depois de visitar o terminal de cargas, o ministro fará uma vistoria em duas obras na travessia urbana das BRs 163 e 364, a partir do chamado “trevão”.

Já no período da tarde, Tarcísio de Freitas estará em Água Boa para uma audiência pública que discute a implantação da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico). A previsão é de 383 km que possibilitem o escoamento da produção de grãos da região para os portos de Santos (SP), Itaqui (Maranhão) e, no futuro, Vila do Conde (Pará).

A ferrovia deve contar com 1.641 km de trilhos, desde Campinorte (Goiás), onde se liga com a Ferrovia Norte-Sul, até Lucas do Rio Verde (MT) e Vilhena (Rondônia). O primeiro trecho passa por Água Boa, onde o ministro participa, ainda, da inauguração da iluminação pública da travessia urbana da BR-158, num total de 5,2 km.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJuiz se nega a arquivar ação sobre grampos ilegais e devolve inquérito ao MPE
Próximo artigoProfessor de Cuiabá vence Prêmio Sesc de Literatura