|Segunda-feira, 21 Janeiro 2019
(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Ministério Público pede interdição de fazenda do Grupo JPupin por risco de pragas no cultivo do algodão

O promotor destaca que as condutas do proprietário da fazenda colocam em risco todo o potencial produtivo e a economia da região

COMPARTILHECOMPARTILHE

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT) ingressou com ação cautelar com pedido de antecipação de tutela requerendo a interdição de três áreas rurais em uma fazenda no município de Campo Verde, distante 137 Km de Cuiabá, por descumprimento de medidas fitossanitárias, após a realização da colheita de algodão. Trata-se da fazenda Marabá de propriedade do Grupo JPupin.

A fazenda já foi alvo de inúmeras decisões judiciais em razão das dívidas do grupo e chegou a ser colocada a venda  por R$ 65 milhões. Posteriormente, o grupo agrícola conseguiu suspender a decisão judicial e recuperou a fazenda “dos sonhos”. São quase dois mil hectares de áreas prontas para produzir, e 20% de área de reserva legal, ao lado da Capital mato-grossense.

Conforme o MP, autos de fiscalização do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) realizados no local comprovam que restos culturais do algodoeiro não foram eliminados, fator determinante para o aparecimento do bicudo-do-algodoeiro, principal praga da cultura.

Na ação, o promotor de Justiça Marcelo dos Santos Alves Corrêa destaca que as condutas praticadas pelo proprietário da fazenda colocam em risco todo o potencial produtivo e a economia da região, já que a praga pode se alastrar para as propriedades vizinhas e requer a adoção de providências imediatas, sob pena de pagamento de multa.

A propriedade, segundo o MPMT, já foi multada pelo Indea. No Estado de Mato Grosso, as obrigações estabelecidas aos produtores rurais quanto às normas fitossanitárias e o período de vazio sanitário estão previstas na Instrução Normativa Conjunta SEDEC/INDEA/MT 001/2016.

Em nota, o Grupo JPupin informou que o Indea já desinterditou as três áreas rurais da fazenda Marabá e que o problema teria ocorrido devido a escassez de defensivos no mercado, o que teria acarretado no atraso da aplicação do produto para eliminação dos restos da cultura no período correto. Ainda segundo a nota, o Indea constatou a eliminação dos riscos e liberou as áreas para o cultivo.

Veja nota na íntegra

O Grupo JPupin informa que o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) já desinterditou três áreas rurais da fazenda Marabá, no município de Campo Verde, distante 137 km de Cuiabá.

O problema ocorreu devido a escassez no mercado dos defensivos necessários, acarretando no atraso da aplicação do produto para eliminação dos restos da cultura no período correto, mas após conseguir a aquisição do defensivo, regularizou a situação e obteve a aprovação do Indea.

Após fiscalização local, o Indea constatou que os riscos fitossanitários foram eliminados e que as áreas podem ser liberadas para plantio de algodão. O laudo de vistoria ocorrida dia 2 de janeiro aponta que “em visita de fiscalização, constatou-se que a plantação de algodoeiro com risco de fitossanitário foi eliminada. A propriedade será desinterditada para plantio”.

Com a liberação por parte do Indea, já foi encaminhado o laudo ao Ministério Público Estadual para sanar a ação cautelar pedida pelo órgão.

*Com Assessoria

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Chances de chuva diminuem e temperaturas se elevam nesta semana em MT
Em busca de novas oportunidades? Confira 14 concursos públicos abertos
Cine Teatro exibe história de luta e rivalidade de duas lendas do boxe brasileiro
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Ministério Público pede que município amplie canil público e esterilize animais de rua
Deputado eleito entra com ação para garantir voto aberto em eleição da AL
MT é um dos seis Estados brasileiros considerados “quebrados”
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Senar-MT capacita mais de 50 mil pessoas em 2018
Licitação para Ferrogrão deve ocorrer até início de 2020, diz ministro da Infraestrutura
Programas de incentivo a agricultura familiar transformam vidas de agricultores no Nortão
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Ex-noiva de Freddie Mercury deve receber mais de R$ 150 milhões por Bohemian Rhapsody
Confira a lista completa de indicados ao Framboesa de Ouro 2019
O rei do Instagram, Carlinhos Maia se apresenta em Cuiabá
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Goiás decreta calamidade financeira nas contas públicas
Fux manda para 1ª instância pedido do MBL contra candidatura de Renan
Juízes e advogados fazem ato em defesa da Justiça do Trabalho em SP
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Em busca de novas oportunidades? Confira 14 concursos públicos abertos
Topa encarar desafios e busca oportunidade de emprego? Tem vaga na Stone Cuiabá
Rede de hotéis oferece diárias a partir de R$ 99,90 em Cuiabá
X