Militares (de folga) em protesto

Governador diz que só participa quem não estiver cumprindo expediente

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador Mauro Mendes disse que não impedirá que militares e outros membros da Forças Armadas participem de manifestação no dia 7 de setembro, desde que o servidor esteja em dia de folga. 

Em situação contrária, tanto militares quanto os demais servidores terão o ponto cortado e redução do salário ao fim mês, como a prevê a legislação em vigor. 

Mauro Mendes disse ainda que não irá participar de qualquer manifestação no próximo feriado, que vem sendo organizada pró-Bolsonaro. Ele disse não querer entrar em celeuma entre o “Judiciário e o presidente”. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCasos de feminicídio representam 60% das sessões de Júri
Próximo artigoHomem morre afogado após a perna dele ficar presa em pedra durante mergulho