Milho: demanda aquecida eleva o preço do grão em 11,9% neste mês

Segundo o Imea, a saca do cereal foi comercializada a R$27,90, na última quinta-feira (24)

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O preço do milho disponível em Mato Grosso teve um aumento de 11,9% durante o mês de outubro. A saca do cereal atingiu a marca de R$27,90, na última quinta-feira (24).

De acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o acréscimo na cotação esteve atrelado à saída do produtor do mercado para venda desse milho disponível, aliado à demanda aquecida.

Melhora no mercado nacional

Essa situação também movimentou as cotações na Bolsa B3, que fechou em R$ 43,76 a saca do grão no início da última semana. Montante que representa uma valorização de 6,85% no mês, oportunizando preços mais atrativos dentro do Estado e no país. Dessa forma, “os produtores que ainda têm estoques mais amplos aproveitam esse período para negociar”, informa o Instituto.

Cenário ruim no mercado internacional

No contexto internacional a situação é diferente, uma vez que as cotações na Bolsa de Chicago (na qual o preço dos grãos é definido), seguem em desvalorização. De forma geral, o milho tem ganhado espaço nos mercados interno e externo, levantando a dúvida se terá milho suficiente para atender à demanda, principalmente a doméstica, que continua crescendo e, para o ano que vem, estima-se ser ainda maior.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmbaixador de Israel: “Usam mentiras para derrubar um homem eleito democraticamente”
Próximo artigoComo se proteger da venda casada na contratação do crédito rural?