Milagre reconhecido: João Paulo I está próximo da beatificação

João Paulo I ficou 33 dias em seu pontificado e morreu inesperadamente

REUTERS / Remo Casilli

O papa Francisco reconheceu um milagre atribuído à intercessão de Joao Paulo I, cujo pontificado durou apenas 33 dias, abrindo assim caminho à sua beatificação, informou hoje (13) o Vaticano.

Durante audiência ao prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Francisco autorizou a promulgação do decreto relativo ao milagre atribuído a João Paulo I (Albino Luciani), nascido em 17 de outubro de 1912 em Forno di Canale (hoje Canale d`Agordo, Itália) e falecido em 28 de setembro de 1978 no Palácio Apostólico (Estado da Cidade do Vaticano).

João Paulo I, que ficou conhecido como o “Papa do sorriso”, foi eleito em 26 de agosto de 1978 e morreu inesperadamente 33 dias depois, tornando o seu pontificado um dos mais curtos da história.

O milagre pelo qual Luciani será proclamado bem-aventurado refere-se à suposta cura inexplicável de uma criança argentina que sofria de grave doença cerebral.

A jornalista e vice-postuladora da causa da canonização, Stefania Falasca, anunciou há algumas semanas no jornal religioso Avvenire que o conselho médico que examinou o caso da menina argentina “decidiu por unanimidade que a cura era cientificamente inexplicável”.

A causa de canonização de Albino Luciani foi aberta em novembro de 2003, 25 anos após a sua morte, e terminou em novembro de 2017 com o decreto sancionado pelo papa Francisco, que proclamava as virtudes heroicas de João Paulo I.

No fim de novembro de 2017, terminou a investigação diocesana iniciada em 2016 na diocese argentina de Buenos Aires.

Ao ser reconhecido o milagre da cura da criança, abre-se o caminho para a beatificação de João Paulo I, faltando apenas aguardar a data que será fixada pelo papa Francisco.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem atira nas próprias pernas ao tentar matar porco com espingarda
Próximo artigoGratuito: evento para professores abordará os temas Diversidade na educação e Inovação