Meu conhecimento

Pré-candidata ao Senado, Selma Arruda acredita que pode ajudar a eliminar a corrupção

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A juíza aposentada e pré-candidata ao Senado, Selma Arruda (PSL), acredita que com seu conhecimento pode eliminar a corrupção e o vazamento de dinheiro público no país. Com 22 anos de magistratura, a atuação de Selma teve grande repercussão quando expediu ordem de prisão para o ex-governador Silval Barbosa e o ex-presidente da Assembleia Legislativa José Riva.

“Foi pensando que posso ser útil que resolvi entrar na política. Após constatar que as leis são feitas para facilitar a corrupção e a impunidade, vi que eu posso contribuir para ajustá-las. Entrando na política, vou limpar a política”, declarou em entrevista ao Estúdio Livre.

A pré-candidata ressaltou ainda que escolheu o Senado, pois nele todos os Estados são iguais. “Todos os Estados têm 3 senadores. Mato Grosso é igual aos demais, fica menos refém dos grandes centros”.

Para ela, a tendência é haver um grande índice de renovação na política neste ano. “Pessoas novas na política não têm vícios, maus hábitos. Junto com pessoas novas é mais fácil propor leis, do que com pessoas que hoje já estão lá, se aproveitando do mandato para satisfazer vontades próprias”.

Segundo Selma, escolheu se filiar ao PSL – Partido Social Liberal, presidido nacionalmente pelo polêmico deputado federal e pré-candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, por concordar com ele na defesa de valores como de família e respeito e por ele ser ligado a segurança.

“Também pelo fato do PSL ser liberal no sentido de que o Estado tem que parar de se meter na vida do cidadão e deixar a iniciativa privada mais livre para desenvolver pais”, finalizou.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVeja quem são os deputados estaduais mais faltosos de MT
Próximo artigo“MP quer mídia”

O LIVRE ADS