Mercenários, “Caso Cláudio” e briga entre vizinhos entram em pauta no Júri de Cuiabá

Na pauta de julgamento também consta o assassinato de “Indinha”, no Beco do Candeeiro

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) divulgou a relação de processos que entrarão para julgamento no Tribunal do Júri de Cuiabá no mês de agosto. Ao todo serão 17 casos de crimes contra a vida.

Na pauta estão os réus da Operação Mercenários, acusados da morte de Rodrigo Fernando de Arruda. Eles já foram condenados a 105 anos de prisão em outros dois processos.

O policial militar Antônio Bruno Ribeiro, envolvido no “Caso Cláudio”, entrará em julgamento no dia 12 de agosto. Ele é acusado de ter assassinado um presidiário após rebelião e fuga no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC).

Pela tentativa de homicídio contra Antônio Carlos Bonfim Bueno, vai enfrentar o júri, no dia 19, Jair Pereira da Silva. O crime teria sido motivado por brigas entre vizinhos porque a vítima possuía uma motocicleta com barulho estridente no escapamento.

O júri marcado para o dia 21 de agosto, às 13h30, será sobre o assassinato de Edney Magalhães. Reginaldo Correa da Silva avistou a vítima deitada no chão, dormindo, e, com um bloco de concreto de 15 quilos, esmagou a cabeça de Edney. O crime aconteceu em agosto de 2015, na Avenida Estêvão José Torquato da Silva, por volta de 1h da madrugada.

O último júri do mês, no dia 30, será do réu Fabricio Alves da Silva, acusado de matar Jucinéia Borges da Silva, conhecida por “Indinha”, no Beco do Candeeiro, região central de Cuiabá, em 2004.

Confira aqui a pauta de julgamentos do mês.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmpresa deve indenizar idosa que teve perna quebrada ao desembarcar de ônibus
Próximo artigoCasais do anos 1990 em polvorosa: logo será possível casar com bênção do Pokémon

O LIVRE ADS