Mercado da carne se integra

O sindicato que representava apenas os abatedores de carne bovina agora conta com os suinocultores e avícolas

Foto: Assessoria

O Sindicato das Indústrias de Frigoríficos de Mato Grosso (Sindifrigo), responsável por representar mais de 30 estabelecimentos de abates de bovinos do Estado, agora, também tem as indústrias de aves e suínos sob sua tutela.

Após uma reunião entre os empresários do ramo de abates, foi decidida a unificação das pautas do setor. Agora juntas, essas industrias apresentam uma movimentação de cerca de R$ 20 bilhões anualmente, além de empregar cerca de 84 mil pessoas de forma direta e indireta.

Para o presidente do Sindifrigo, Paulo Bellincanta, essa medida aumenta a representatividade da entidade diante dos órgãos públicos, das esferas estaduais e federais. Avalia que “um Estado líder no agronegócio não pode ter uma indústria fraca e muitas vezes até desprezada”.

Na avaliação do ex-senador Cidinho Santos, proprietário do frigorífico União Avícola, a junção das indústrias “vai gerar uma sinergia entre os setores e trazer ganhos consideráveis”. Para ele, o Sindifrigo possui uma representatividade muito forte e é respeitada tanto nos órgãos estaduais, quanto nos federais.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFávaro diz que o TRE deu a resposta “que os mato-grossenses precisavam”
Próximo artigoGoverno detalha regras do ensino domiciliar