Menino doa único ovo que tinha para comer para ajudar abrigo de idosos

Um ovo vale mais do que mil desculpas

Uma das filosofias mais belas é a ideia de realizar pequenos atos, pequenas gentilezas, com as coisas mais simples.

Um dos exemplos vivos dessa atitude está em Luiz Gustavo Rodrigues que doou o único ovo de galinha que a sua família tinha para se alimentar naquele dia para um grupo de voluntários que pedia arrecadação para um leilão beneficente em Caçú, no sudoeste de Goiás.

Quando contada a história daquele ovo no leilão, o alimento faturou 4 mil reais em doações. O dinheiro será revertido para a reforma do abrigo de idosos da cidade. O que Luiz não esperava é que sua ação iria além.

Por conta da intenção do garoto, tão pura e altruísta, disposto a passar fome para que outros não passassem, sua família recebeu uma boa quantidade da doação dos alimentos dos organizadores do leilão.

Jéssica, representante do leilão, resolveu se juntar aos outros voluntários e manter aquele ovo como prenda no leilão. “Um simples ovo com as melhores das intenções veio fazer o que fez. Esse grande omelete de solidariedade”, disse o presidente do abrigo de idosos agraciado pelo leilão, Lúcio Teodoro Morais.