Menina é espancada por madrasta e mãe chama a polícia

A mulher teria dado tapas, socos, empurrões e tentado asfixiar a adolescente

Ilustrativa/Pixabay

A mãe de uma adolescente de 16 anos registrou um boletim de ocorrência contra a atual companheira do pai da menina depois que a filha relatou ter sido espancada. A madrasta, de 27 anos, seria a agressora.

A agressão teria acontecido no Residencial Jamil Boutros Nadaf, em Cuiabá, por volta das 14 horas dessa segunda-feira (15). Na ocasião, a madrasta e a adolescente estavam sozinhas na casa em que a menina mora com o pai.

Conforme o relato da menina à mãe, a madrasta a teria dado tapas e socos no rosto, empurrões e ainda tentado lhe enforcar e asfixiar com um travesseiro.

A menina afirmou ainda que a madrasta disse que contrataria alguém para bater nela, quando estivesse fora de casa.

Com medo, a menina contou sobre as agressões para mãe que, temendo pela segurança da filha, procurou a polícia e registrou um boletim por lesão corporal e ameaça.

O caso será investigado pela Polícia Judiciária Civil.