Mendes veta lei que previa testagem em massa para covid-19

Governador também rejeitou proposta de divulgação pelos municípios do dinheiro injetado na pandemia

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O governador Mauro Mendes (DEM) vetou integralmente o projeto de lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), que obrigava o Estado a realizar testes em massa para o novo coronavírus.

A decisão se amparou em parecer da Procuradoria Geral do Estado, que identificou vício de iniciativa. O veto integral foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) que circula nesta segunda-feira (21).

Ou seja, prevaleceu o entendimento de que não cabe ao Legislativo aprovar leis que culminam em obrigações financeiras ao Executivo, pois significa uma clara violação à Constituição Federal diante da flagrante ofensa à separação e independência financeira dos poderes.

LEIA TAMBÉM

Outro projeto relacionado à covid-19 aprovado pela Assembleia Legislativa e também vetado pelo Executivo é de autoria do deputado estadual Thiago Silva (MDB).

Trata-se da criação de um portal de transparência em um site oficial, em todos os municípios de Mato Grosso, para disponibilizar todos valores arrecadados e a sua devida destinação ao enfrentamento da pandemia do coronavírus.

O governador Mauro Mendes alegou que a proposta representa uma violação à autonomia administrativa dos municípios.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPor extorsão de R$ 1,5 mil, policial civil perde cargo em MT
Próximo artigoQueimadas fazem reservas em hotéis e pousadas cair 90% no Pantanal